Portuguese Pattern_2013 (WIP)
Portuguese Pattern_2013 (WIP)
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
1/1

(Work in Progress) Padrão Português_2013

Pão

Dimensões Variáveis

Bread

Variable Dimentions

Esta ideia surge do uso dos padrões tradicionais de azulejos portugueses como estética e proteção de casas antigas. Pretende ser uma crítica á falta de interesse na sua recuperação e ao abandono sistemático do nosso património arquitectónico em favor de novas construções. Acredito que o Estado tem uma responsabilidade em relação a etse problema, e questiono as suas normas, pois é mais aceitável e mais fácil destruir, demolir ou simplesmente ignorar o problema das casas antigas, do que promover um incentivo financeiro para a sua recuperação e restauração profunda . Com tanta pobreza em nosso redor e famílias cada vez mais sem abrigo, é impossível aceitar tal desolação. Os azulejos são um elemento que, além de bonito, tem uma função protetora. Quando permanecem na fachada ou nas paredes de uma casa abandonada, perdem sua função e tornam-se meramente estéticas, algo mais vazio porque não protegem nada nem ninguém. Para aumentar a consciência sobre essas questões e oferecer novamente ao azulejo a sua função protectora, após uma pesquisa em algumas casas e azulejos abandonados no Bonfim, criei padrões de massa de pão que, quando cozidos, poderiam ser distribuídos e consumidos pela população.. Pelo menos esses padrões são usados ​​novamente para proteger alguém, ainda que brevemente.

--------------------

This action rises from the use of traditional Portuguese tile patterns as aesthetics and protection of old houses. It is intended as a criticism on the lack of interest in their recovery and on the systematic abandonment of our architectural patrimony in favor of new constructions.
I believe the State has a responsibility towards this problem, and I question it's standards, since it is more acceptable and easier to destroy, demolish or simply ignore the problem of the old houses, than to promote a financial incentive towards their recovery and deep restoration. With so much poverty all around us and increasingly homeless families, it is impossible to accept such desolation.
Tiles are an element that, more than only beautiful, have a protective function. When they remain on the facade or in the walls of an abandoned house, they lose its function and become merely aesthetic, something more hollow because they protect nothing and no one. To raise awareness on these issues and offer the tile again its protective function, after a survey on some of the abandoned houses and tiles in Bonfim, I’ve created patterns on dough that when cooked, could be distributed and consumed by the population. At least these patterns are used again to protect someone, however briefly.